Categoria: publicações

Habitar em São Paulo: passado e qual futuro …..

Quando eu estava na faculdade, a Luisa Erundina foi prefeita ….. nossa, quanta esperança do pessoal que trabalhava com habitação social. Acabei estagiando na COHAB e fui há várias reuniões em casa de um monte de arquiteto que nem lembro quem seja hoje (acho que alguns viraram secretários de Estado, até Ministros, talvez), ver as palestras que o Nabil Bonduki preparava sobre as cooperativas uruguaias …. e outro dia assisti a um debate do USINA relatando um pouco o histórico do trabalho que fazem há 25 anos heroicamente (https://www.youtube.com/watch?v=wHZKrOfLcyo)
Bom, depois que me formei, fui parar no Massimiliano Fuksas, e depois no Joaquim Guedes, e acabei prestando um concurso público na CDHU – com a esperança que depois de tanto tempo algumas daquelas ideias tivessem se concretizado. Fiz meu mestrado sobre habitação coletiva e trabalhei com favelas.
Dessa experiência escrevi um livro: Habitar em São Paulo: passado e qual futuro …..
Um livro que trazia algum otimismo (que aliás faz parte da minha constituição, do contrário, o que estaríamos fazendo aqui, certo?) e por isso seria o primeiro volume. Pensava em escrever o segundo. Mas meu otimismo em relação à habitação popular no Brasil, depois de alguns anos do Programa Minha Casa Minha Vida, morreu por ali. Já não trabalho com habitação popular há alguns anos, voltei a minha atividade privada ….
Quem tiver interesse em escrever o segundo capítulo, fique à vontade. Não entenderei de forma alguma como plágio, coisa que já aconteceu com trechos desse meu trabalho, por um senhor bem velhinho e frustrado por se acreditar artista e intelectual: que tenha uma boa morte, agarrado ao livro que finalmente conseguiu escrever com o meu trabalho.
Pena que mais uma oportunidade tenha sido perdida. Tanto dinheiro assim de novo para habitação eu creio que quando chegarmos ao Kleper 452b …. ou seja, percorrermos 1200 anos luz ….
Pelo menos fico em paz: bem que tentei, mas infelizmente, não depende de mim!!!!!!!!! E sei lá de quem dependeria, infelizmente depois de anos, não consegui entender bem onde está o problema! Por favor, se alguém entender, podem me mandar um cartinha por correio, espero o carteiro vir trazer!
Boa sorte para quem heroicamente se envolve com habitação social no Brasil!!!!!!! Fico na torcida!
Assunta Viola

Projeto e meio ambiente natural: três experiências – o edifício e o ambiente natural, 1997, 2005, 2009-2011

projetos:

1 – empreendimento vicente de carvalho II – Bertioga, 2009-2011 – CDHU. este projeto tinha várias questões ambientas, mas foi aprovado no Graprohab, colegiado que entre outros congrega os órgãos ambientais do Estado de São Paulo

2 – projeto de residência Walter Muller, Iporanga, Guarujá, 2005 – participou da 5a Bienal Internacional de Brasília – aprovado, o cliente vendeu o terreno com a planta aprovada. Esta casa está em área de proteção ambiental praticamente uma reserva. Foi aprovado da forma como está apresentado no DPRN !

3 – projeto Marcondes & Giggo, 1997, Enseada, Guarujá, construído, participou da 4a Bienal Internacional de Arquitetura, São Paulo

Captura de tela 2014-04-06 16.04.05 Captura de tela 2014-04-06 16.04.09 Captura de tela 2014-04-06 16.04.10 Captura de tela 2014-04-06 16.04.12 Captura de tela 2014-04-06 16.04.13 Captura de tela 2014-04-06 16.04.15 Captura de tela 2014-04-06 16.04.16 Captura de tela 2014-04-06 16.04.18 Captura de tela 2014-04-06 16.04.19 Captura de tela 2014-04-06 16.04.23 Captura de tela 2014-04-06 16.04.28 Captura de tela 2014-04-06 16.04.33 Captura de tela 2014-04-06 16.04.37 Captura de tela 2014-04-06 16.04.38 Captura de tela 2014-04-06 16.04.40 Captura de tela 2014-04-06 16.04.43 Captura de tela 2014-04-06 16.04.45 Captura de tela 2014-04-06 16.04.47 Captura de tela 2014-04-06 16.04.50 Captura de tela 2014-04-06 16.04.54 Captura de tela 2014-04-06 16.04.57 Captura de tela 2014-04-06 16.05.00 Captura de tela 2014-04-06 16.05.02